Bursite do Cotovelo (Bursite Olecraneana) Orientações Médicas / Ortopedia  

O que é a bursite do cotovelo?

A bolsa sinovial é um saco cheio de fluído, que atua como um amortecedor entre os tendões, os ossos e a pele.

A bursite é a inflamação desta bolsa, que produz mais líquido sinovial, causando aumento de volume e dor na ponta do cotovelo.


Como ocorre?

Pode ser causada por:

• quedas ou atritos diretos,

• apoio excessivo no cotovelo – comum em algumas profissões ou em pacientes que têm dificuldade em respirar,

• doenças inflamatórias – artrite, gota, etc,

• infecções.


Quais são os sintomas?


O edema pode aparecer gradual ou repentinamente.  A dor é variável, mas comumente é intensa e limitante do movimento.  Calor e rubor podem aparecer, indicando infecção.



Como é diagnosticada?

Por exame médico.



Como é tratada?

O tratamento pode incluir alguns procedimentos como:

• Compressas de gelo sobre o cotovelo, por 20 a 30 minutos, a cada 3 a 4 horas, por 2 a 3 dias ou até que a dor passe,

• Enfaixamento elástico do cotovelo, para evitar aumento do edema,

• Remoção de fluido da bolsa sinovial, através da punção, com uma seringa e agulha, a ser realizada pelo médico,

• Antiinflamatórios,

• Proteção do cotovelo, com almofadas, para minimizar o trauma local,

• Fisioterapia e exercícios para ajudar na recuperação.

Em casos crônicos de bursite do cotovelo, a cirurgia pode ser indicada.



Quando retornar ao esporte ou atividade?

O objetivo da reabilitação é que o retorno ao esporte ou à atividade, seja o mais seguro e rapidamente possível.  Ao retorno prematuro, pode estar associado o risco de piora da lesão, o que acarretaria um dano permanente. Cada caso é um caso e cada pessoa tem uma recuperação diferente da outra, por isso não existe um tempo determinado para o retorno ao esporte e às atividades.

Geralmente, quanto mais tempo houver sintomas da lesão, sem tratamento específico, maior será o tempo de recuperação.

A pessoa estará apta a retornar ao esporte ou à atividade, quando puder, usando a própria força, empunhar raquete de tênis, taco de basebol, taco de golfe ou realizar atividades específicas, como digitar o teclado do computador, sem sentir dor no cotovelo.

Para quem pratica ginástica regularmente, é importante suportar pesos com o cotovelo lesionado, sem sentir dor.

Não poderá haver edema na região e a recuperação da força deve ser normal, comparada ao cotovelo são.

Deve-se estar com o arco do movimento completo, na articulação do cotovelo.



Como prevenir a bursite do cotovelo?

A melhor maneira é evitar o contato da ponta do cotovelo com outras estruturas.



 



Imprima este artigo






 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br