Distensão dos Músculos do Pescoço Orientações Médicas / Ortopedia  

O que é a distensão dos músculos do pescoço ?

O pescoço é envolto por pequenos músculos, que passam próximos às vértebras e músculos maiores, que são visíveis. A distensão é um estiramento ou ruptura de um músculo ou um tendão.

Como ocorre ?

As distensões na musculatura do pescoço normalmente ocorrem quando a cabeça ou o pescoço são movidos abruptamente, como em uma lesão de chicotada ou através de esportes de contato.


Quais são os sintomas ?

Dor no pescoço. Quando esses músculos sofrem espasmos eles ficam rijos, contraídos e sensíveis ao toque, podendo causar dores de cabeça. É comum sentir dor nos ossos do pescoço e ao mover a cabeça para ambos os lados ou para cima e para baixo.


Como é diagnosticada?

O médico examinará o pescoço, procurando por músculos sensíveis e contraídos. Ele poderá pedir um raio-x, para certificar-se que a vértebra não está lesionada.


Como é tratada ?

O tratamento pode incluir:

• Aplicação de compressas de gelo sobre o pescoço, por 20 a 30 minutos, sendo que a cada 8 minutos de gelo deve-se fazer uma pausa de 3 minutos. Pode ser feita a cada 3 ou 4 horas, por 2 ou 3 dias ou até que a dor desapareça;

• Medicamento antiinflamatório;

• Uso de um colar de suporte para o pescoço, para evitar maiores complicações;

• Fisioterapia

Se as dores no pescoço continuarem por muitos dias após a lesão e após o uso gelo, o médico poderá recomendar o uso de aquecimento úmido no pescoço. Esse aquecimento pode ser feito com uma almofada de aquecimento úmido ou com toalhas encharcadas de água quente e deve ser aplicado por 20 a 30 minutos, a cada 3 ou 4 horas até que a dor desapareça. A alternância de calor e de gelo no pescoço pode ser indicada.


Por quanto tempo duram os efeitos ?

A maioria das pessoas se recupera das distensões dessa musculatura em poucos dias ou semanas, mas algumas pessoas levam mais tempo.


Quando retornar ao esporte ou à atividade ?

O objetivo da reabilitação é que o retorno do paciente ao esporte ou à atividade aconteça o mais breve e seguramente possível. O retorno precoce poderá agravar a lesão, o que pode levar a um dano permanente.

Todos se recuperam de lesões em velocidades diferentes e, por isso, para retornar ao esporte ou à atividade, não existe um tempo exato, mas quanto antes o médico for consultado, melhor.

O retorno ao esporte ou à atividade acontecerá quando o paciente for capaz de:

• Virar totalmente a cabeça, para olhar sobre ambos os ombros, sem dor;

• Estender a cabeça para trás o máximo possível, sem dor;

• Flexionar o pescoço para frente até o queixo tocar o peito, sem dor;

• Movimentar a cabeça tocando os ombros com as orelhas, sem dor;

Se qualquer dessas ações causar queimação e dor nos músculos do pescoço e ombros, o paciente ainda não está pronto para retornar.


Como evitá-la ?

A melhor maneira de evitar essa distensão é possuindo músculos flexíveis e fortes no pescoço. Quando a profissão exige que a pessoa permaneça em uma posição o dia todo (por exemplo, trabalhar no computador), é muito importante fazer pausas e relaxar os músculos do pescoço.

Em muitos casos uma lesão ao pescoço ocorre durante um acidente que não pode ser evitado.



Exercícios de reabilitação para a distensão da musculatura do pescoço:

*** Atenção, cuidado ! Sempre faça os seus exercícios acompanhado por um profissional


Os exercícios a seguir são apenas um guia de tratamento básico, por isso o paciente deve fazer a reabilitação acompanhado de um fisioterapeuta, para que o programa seja personalizado.

A fisioterapia conta com muitas técnicas e aparelhos para atingir objetivos como analgesia, fortalecimento muscular, manutenção ou ganho da amplitude de movimento de uma articulação, etc, e por isso, o tratamento não deve ser feito em casa e sem a supervisão de um profissional.

Esses exercícios devem ser feitos sem que o paciente sinta dor ou adormecimento nos braços e mãos.

 





1 - Amplitude de Movimento do Pescoço:

A - Rotação do pescoço:

Sentar em uma cadeira, mantendo pescoço, ombros e tronco retos.

Primeiro, virar lentamente a cabeça para a direita. Voltar à posição inicial e fazer para o lado esquerdo.

Repetir 10 vezes.

B - Flexão lateral do pescoço:

Encostar as orelhas nos ombros ou até onde não haja dor, sem rodar a cabeça ou levantar o ombro.

Repetir 10 vezes pra cada lado.

C - Flexão do pescoço:

Dobrar a cabeça para frente, encostando o queixo no peito.

Manter por 5 segundos e repetir 10 vezes.

D - Extensão do pescoço:

Levar a cabeça para trás, até que o queixo esteja apontando para o teto.

Repetir 10 vezes.




2 - Extensão do Trapézio Superior:

O músculo trapézio superior conecta o ombro à cabeça.

Sentar em uma posição reta, colocar o braço direito atrás das costas e, gentilmente, puxar a cabeça para o ombro esquerdo, com a mão esquerda.

O alongamento será sentido do lado direito.

Manter 30 segundos, voltar a posição inicial e então fazer para o outro lado.







3 - Alongamento Escaleno:

Esse exercício alonga os músculos do pescoço que se ligam às costelas.

Sentar reto, segurar uma mão na outra atrás das costas, abaixar o ombro esquerdo e dobrar o pescoço para a direita.

Manter por 20 segundos e retornar à posição inicial.

Abaixar o ombro direito e dobrar o pescoço para a esquerda ate sentir alongar.

Manter por 20 segundos e repetir 3 vezes de cada lado.

 







4 - Exercícios Isométricos Para o Pescoço:

A - Flexão do pescoço:

Sentar reto, olhar para frente e manter o queixo alinhado.

Aplicar uma pressão na testa com as pontas dos dedos e provocar resistência inclinando a cabeça para frente.

Manter a posição por 5 segundos, relaxar e repetir 5 vezes.


B - Extensão do pescoço:

Sentar reto, aplicar uma pressão com as pontas dos dedos na parte de trás da cabeça, provocar resistência inclinando a cabeça para trás.

Manter por 5 segundos, relaxar e repetir 5 vezes.


C - Flexão lateral do pescoço:

Sentar reto, colocar a palma da mão direita no lado direito da cabeça e pressionar a cabeça contra a palma.

Manter por 5 segundos, relaxar e fazer para o lado esquerdo.

Repetir 5 vezes de cada lado.



5 - Levantamentos de Cabeça:

A - Enrolamento do pescoço:

Deitar de barriga para cima, com os joelhos dobrados e os pés bem plantados no chão.

Abaixar o queixo e levar a cabeça até o peito, mantendo os ombros encostados no chão.

Manter por 5 segundos e repetir 10 vezes.

 

B - Levantamento lateral do pescoço:

Deitar de lado com a cabeça sobre o braço direito estendido.

Levantar a cabeça, levando a orelha esquerda de encontro ao ombro esquerdo.

Retornar à posição inicial e repetir 10 vezes.

Virar para o outro lado e fazer mais 10 vezes.

 

C - Extensão do pescoço com as mãos e pés:

Em quatro apoios e olhando para o chão.

Manter as costas retas e deixar a cabeça, vagarosamente, cair em direção ao peito.

Encostar o queixo no peito e levantar a cabeça até o pescoço ficar nivelado com as costas.

Manter essa posição por 5 segundos e repetir 10 vezes.



 



Imprima este artigo





 
 
 
Clínica Deckers
Av. Europa, 887 - Jd. Europa - São Paulo / SP
Tel.: (11) 3065 1299
contato@clinicadeckers.com.br